• rostos meninas
  • image01c

Festival Zouk este fim de semana

A capital moçambicana, Maputo, acolhe nos dias 25 e 26 de Abril corrente, a III Edição do Festival Tropical Zouk, que, este ano, junta mais de 20 artistas, dentre eles moçambicanos e estrangeiros. O evento terá lugar no Campo do Clube dos Desportos da Maxaquene.

zouk

FaceBook  Twitter  

Mambas e "Bafana bafana" jogarão contra a Xenofobia

13677429 q6WJZ

O desporto como motor da união entre os povos. Sensibilizada com o sofrimento de cidadãos estrangeiros vítimas de xenofobia, a Associação de Futebol da África do Sul (SAFA) anunciou a realização de dois jogos amigáveis entre “Bafana Bafana” e “Mambas” em repúdio a este fenómeno que eclodiu naquele país há três semanas. Sob o lema «Todos somos um Continente», a SAFA quer «utilizar a força universal do futebol para mostrar que os africanos devem estar unidos». estes embates têm como objectivo mostrar que os africanos são unidos. Para já, ainda não foram definidas as datas dos referidos jogos.

FaceBook  Twitter  

Residência artística - Maputo / Lisboa

Entre 27 de Abril e 15 de Maio, estão abertas, no Centro Cultural Português em Maputo, as candidaturas para a realização de uma residência artística de um mês em Lisboa nos domínios das artes visuais e/ou da fotografia. A residência artística destina-se a artistas visuais e/ou fotógrafos moçambicanos que já tenham currículo na área e pretendam desenvolver um projecto coerente, com reconhecido interesse artístico, que se relacione com a cidade de Lisboa.

CartazResidênciaLisboa

FaceBook  Twitter  

600 moçambicanos voltam a casa devido à xenofobia na RAS

Segundo o Jornal Notícias de hoje, pouco mais de 600 moçambicanos vítimas de xenofobia na África do Sul estão a caminho de Maputo, numa altura em que as autoridades consulares moçambicanas naquele país falam da normalização da situação, embora os cuidados sobre possíveis ataques se mantenham redobrados. 

Acnur AfricaSul

FaceBook  Twitter  

Xenofobia na África do Sul. São quase mil os moçambinos em centros de acolhimento

À medida que a violência xenófoba tem aumentado na vizinha África do Sul, com particular destaque para a cidade de Durban, sobe o número de moçambicanos acolhidos em centros para a proteção destes estrangeiros que trabalham e residem na terra do Rand.

xenofobia

FaceBook  Twitter